Alongamentos, torções, flexões para frente e para trás, respirações coordenadas com os movimentos… se a definição do yoga fosse apenas essa, poderíamos dizer que yoga é um tipo de ginástica. Mas por que o yoga não é considerado uma ginástica?
Para alcançarmos todos os benefícios que o yoga pode nos proporcionar, não devemos trabalhar apenas o corpo, mas fazermos uma prática completa que envolva as partes física, mental, emocional e espiritual do ser. Portanto, a prática do yoga não deve se limitar a algumas aulas semanais, mas ser uma prática diária.

E qual deve ser a melhor forma de praticar yoga diariamente? Vamos começar já?

Enquanto você lê este texto, perceba como está o seu corpo. Como está a sua postura? Sua coluna está ereta? Você está respirando com fluência? Há alguma parte do seu corpo que está tensa? Há necessidade de tencionar esta parte do seu corpo agora? Se não há, relaxe, aliás, procure relaxar todo o seu corpo. Seu rosto está relaxado ou você está franzindo a testa ou apertando os olhos para ler este texto? Relaxe o seu rosto. Agora que você está mais relaxado(a) perceba quanta energia você estava desperdiçando sem necessidade. Isto é yoga!

Procure ter esta percepção em todas as ações do seu dia. Ao dirigir, ao ler, ao caminhar, ao trabalhar, enfim, procure sempre que possível observar-se para que você tenha a consciência de usar apenas as partes do seu corpo que estão sendo exigidas em uma determinada atividade, relaxando as demais.

Agora vamos para a mente e, conseqüentemente, as emoções. Se sua mente estiver tranqüila, as suas emoções estarão equilibradas. Portanto, crie o hábito de parar nem que seja por alguns segundos, várias vezes ao dia para observar a sua mente. Faça isso agora. Procure perceber que tipos de pensamentos estão na sua mente neste momento. São pensamentos inúteis que não são necessários para você agora (ex: – Preciso ligar para o meu amigo pois ainda não falei com ele hoje)? Pensamentos negativos do tipo: Isto é muito difícil, não vai dar certo. Ou pensamentos positivos como: Gostei da idéia, não custa tentar!

Então, vamos agora preencher a mente com pensamentos positivos, mesmo que este já seja o seu caso pois, reforçar estes pensamentos nunca é demais. Repita mentalmente por alguns segundos alguma frase que exerça um efeito positivo em você. Por exemplo: eu sou paz, eu estou tranqüilo (a), relaxado (a) e feliz agora, etc… O importante é que você preencha a sua mente com bons pensamentos percebendo que os efeitos destas palavras irão refletir positivamente em todo o seu ser.

Aja da mesma forma com a sua respiração pois esta também é responsável pelas suas emoções. Pare por alguns instantes durante o dia e inspire e expire com suavidade, lenta e profundamente, mentalizando que você inspira prana, a energia vital e que todo o seu ser se preenche com esta energia.

ProfªCristina Marchesi | Data: junho/2005
Publicado em: Jornal Estilo de Vida