Meditação

A meditação consiste em uma das oitos etapas do Yoga de Patanjali que fez os primeiros escritos sobre Yoga. As etapas são: Yamas, Nyamas. Asanas. Pranayamas, Pratyahara, Dharana, Dhyana e Samadhi.

Existem muitas definições sobre a meditação, mas podemos compreender como o deter o fluxo de pensamento, sendo resultado espontâneo e natural da concentração da consciência. Refere-se a uma família de técnicas que tem em comum a tentativa consciente da focalização da atenção de uma forma não analítica.

Pode ser entendida como um processo mental consciente que através da auto-regulação da atenção, induz um conjunto de alterações no funcionamento orgânico, que pode ser caracterizado como um estado hipometabólico. A focalização da atenção produz alterações bem definidas, previsíveis e mensuráveis no funcionamento do organismo.

A prática nos liberta da visão mental cotidiana e limitada tornando nosso campo perceptivo muito maior, claro e sem tantas distorções e ilusões.

 

Benefícios da prática da meditação:
A prática diária reduz:

  • A freqüência dos batimentos cardíacos
  • A pressão arterial
  • Ritmo respiratório e o consumo de oxigênio
  • Suor
  • Tensão muscular
  • Níveis de colesterol
  • Adrenalina
  • Ansiedade
  • Irritabilidade
  • Alterações de Humor

A prática aumenta:

  • Imunidade
  • Seratonina (hormônio do bem estar)
  • Concentração e tempo de atenção
  • Criatividade, eficiência, produtividade e energia.
  • Memória
  • Capacidade de Aprendizado
  • Sentimento de Felicidade (estado feliz)
  • Vitalidade
  • Autodisciplina
  • Sentimento de paz